Previdência em Alagoas: Deficit de mais de R$ 680 milhões.
   Marcelo  Lima  │     9 de novembro de 2016   │     23:15  │  0

imagesUm levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revelou que 13 estados brasileiros estão com déficit na previdência social e não possuem sequer recursos para pagar um ano de benefício. Entre esses estados está Alagoas, que fechou 2015 com um déficit previdenciário de R$ 680 milhões.

Situação que pode se agravar ainda mais porque a população do estado está envelhecendo. Atualmente o estado possui 8% de habitantes na faixa etária dos 65 anos, em 2060 esse percentual deve passar pra 27%.

Atualmente o governo do Estado gasta 10% da receita corrente para pagamento do rombo da previdência. O secretário da Fazenda de Alagoas, George Santoro, explica que a aprovação da lei que mudou o AL Previdência de entidade autônoma pra autarquia, já trouxe um benefício importante para o estado.

E não é só a previdência estadual que está numa situação deficitária. A previdência municipal de Maceió também apresenta déficit mensal de R$ 15 milhões. Isso diante de um cenário onde 65% da arrecadação é destinada para despesa de pessoal, entre ativos e inativos.

Segundo o secretário municipal de Finanças a situação é difícil porque do montante só resta 35% da arrecadação para programas de investimentos, com isto, o município está buscando alternativas para tentar reduzir essa despesa, seja com remanejamento de pessoal ou otimização dos serviços.images3

Assim, com os recursos bastante comprometidos, a população é quem pode sentir com a falta de investimentos, que acabam comprometendo serviços básicos como educação, saúde e segurança.

A solução possivelmente passa por uma reforma no sistema previdenciário, que é um tema sempre polêmico, pois dificilmente parecerá ser justa para ambas as partes, tanto o poder público quanto os segurados. Porém é inevitável que aconteça e com o passar dos anos as adequações das regras de acesso e manutenção do sistema previdenciário geralmente mesmo sendo um remédio amargo se mostram eficazes.

Fonte: g1

Grande abraço e até breve.

 

>Link  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *